Por trás do quadro .:

Rosa e Azul

Nome : “As meninas Cahen D’Avers”, conhecido como “Rosa e Azul” (Óleo sobre tela)

Idade: 128 anos.. Pintado e m 1881.

Tamanho: 119 X 74cm

Onde está: Museu da Arte de São Paulo (MASP), desde 1952.

Origem: Quadro encomendado pelo pai das duas meninas  – Alice e Elisabeth Cahen D’ Avers – o banqueiro Louis Raphael.

Comentário: Percebe-se a fineza e na pose “das meninas”. E seus vestidos quase denunciam a personalidade escondida sob a expressão retratada sutilmente. Uma ainda criança e outra parecendo beirar a adolescência, com um ar quase debochado. Junto ao  quadro no museu uma inscrição diz:  “Renoir, pintando Rosa e Azul, mostra na vibração da superfície e das cores vivas que compõem os vestidos das meninas toda a vivacidade e a graça instintivamente feminina que se esconde atrás da convenção da pose, todo o frescor e a candura da infância. As meninas quase se materializam diante de observador, a de azul com o seu ar vaidoso e a de rosa com um certo enfado, quase beirando as lágrimas.”

Sobre o Autor: Pierre Auguste Renoir (1841-1919), foi um célebre pintor impressionista francês.Começou a pintar aos 18 anos.  Dizia pintar em busca de desenvolver uma obra “agradável aos olhos” , e isso é facilmente comprovado em suas obras que marcam pelo tom forte de cores, linhas e texturas harmônicas. Passou a ser reconhecido apenas em 1874, aos 33 anos, quando participou de uma exposição com outros pintores franceses, quando sua obra “Le Moulin de la Galette “ foi exposta e aclamada pelo público.Já no fim da vida, com problemas de artrite, prendia o pincel em seu braço para fazer quadros.

Sobre o Impressionismo: Movimento artístico revolucionário do século XIX, que iniciou grandes tendências do século XX.

Características: As tonalidades espelhavam a que os objetos adquirem quando refletem a luz do sol.

Nada de contornos nítidos, a linha é “uma abstração do humano para representar imagens”

Sombras luminosas e coloridas.

As tonalidades eram obtidas no próprio quadro, quando pintado. Permitindo ao observador combinar as cores de acordo com sua própria percepção óptica.

Claude Monet e Augusto Renoir foram dois dos principais artistas do movimento. No Brasil, a estilo ficou por conta de Eliseu Visconti.

Curiosidades: “Rosa e Azul” é hoje considerado uma obra-prima do autor, mas na época  a família não gostou da pintura e ele ficou abandono por anos num quarto da mansão dos D’ Avers.

Uma releitura do quadro foi feita pelo pintos/escritor e quadrinista Maurício de Souza, em 1989, depois que ele viu pessoas tentando copiar o quadro durante uma exposição no MASP.

Para saber mais:

Sobre Renoir…

Sobre “ Rosa e Azul” …

Published in: on maio 11, 2009 at 1:13 am  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://luxepur.wordpress.com/2009/05/11/por-tras-do-quadro/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: